terça-feira, 21 de junho de 2011

Foi bom… enquanto durou!

Tinha prometido que, durante este curto período do defeso, só voltaria à ‘blogosfera’ se houvesse algo na actualidade do FC Porto que o justificasse. Ora, a saída de Villas-Boas é o melhor pretexto para voltar aos ‘posts’.
Estou triste! Não por Villas-Boas querer sair, mas porque isto tem um claro sabor a fim de ciclo. O novo técnico até pode levar o FC Porto ao ‘bi-campeonato’, no entanto, com a saída do André fica a sensação que se quebrou o 'elan' para a nova época. E há outro 'handicap': o futebol atraente e os títulos conquistados na época passada vão certamente condicionar o treinador que se segue. A fasquia está bem lá em cima, ou seja, as comparações vão ser inevitáveis. Além disso, também estamos curiosos para ver a postura dos jogadores. Será natural que baixem os níveis de confiança e motivação, tal a empatia que revelavam com Villas-Boas?
A cadeira de sonho vai mudar-se para ‘Stamford Bridge’. Mas, sinceramente, não estou desiludido com Villas-Boas. Isto é a lei do mercado (e são 15 milhões de euros: só mesmo o FC Porto…). Ficaria chateado se ele não estivesse grato ao FC Porto e se fizesse ‘birras à Mourinho’. O André foi sempre um 'gentleman' que defendeu e promoveu o seu clube do coração. E vai continuar a torcer pelo FC Porto! Agora, falta saber se o ‘impulso Chelsea’ também chega aos jogadores. Se assim for, preparem-se para nova revolução. Desta vez com o mau exemplo da época 2004/05 como referência. Aproximam-se tempos exigentes para o FC Porto!
PS: tal como aconteceu antes da chegada de Villas-Boas, Paulo Bento continua a ser o preferido do ‘Paixão pelo Porto’ para assumir o cargo de treinador do FC Porto;

8 comentários:

reine margot disse...

Estou como o MST : "estou farto de ser chão para a promoção destas criaturas!" - nenhum casamento pode ser bom, depois de se ir dormir com o inimigo!...vai demorar anos a sarar...para quê mandar embora o Jesualdo para ter um ano de extasy e tudo se acabar com a luz do dia?

P. Ungaro disse...

Boas,

Não acho que o avb deva ser insultado, agredido ou enxovalhado, acho sim é que devemos ter pena de uma criatura que se vende á primeira oportunidade apos jurar amor eterno ao nosso (não dele) clube, mas é vida e os actos definem quem os pratica.

Vamos para a frente porque o PORTO SOMOS NÒS !!!

Um abraço

http://fcportonoticias-dodragao.blogspot.com/

Armando Pinto disse...

Este tipo, o tal Vilas, afinal é vil... e está tudo dito. Fazer isto ao clube que dizia ser seu, quase no começo de nova época e quando devia estar a organizar tudo, é uma canalhice, demonstrando ser um catraio interesseiro, um menino do papá e do Vovô - de que ele, conforme dizia, se orgulhava de ter sido um dos nomes dos primórdios do clube... Mas Pinto da Costa, mais uma vez, vai saber superar isto e vamos continuar a vencer.

http://longara.blogspot.com/

Ricardo Vara disse...

Acho que estamos a dramatizar demasiado a saída do Villas-Boas. A nossa paixão é pela instituição e não pelos treinadores. Importante é a estrutura. Um exemplo: Co Adriaanse não tinha vencido nenhuma competição antes de chegar ao FC Porto. No primeiro ano foi logo campeão!

Paulo Moreira disse...

Não concordo nada que o antigo treinador tenha sido um 'gentleman', se fosse não tinha deixado o clube a poucos dias do inicio da temporada.
É claro que todos nós queremos e gostavamos de ganhar mais e ter uma oportunidade de ganhar 5 vezes mais é qualquer coisa, mas o mundo não vai acabar amanhã e daqui a um ano em vez de pagarem 15 eles pagavam 20 ou mais. O AVB quis ir e mostrou aquilo que ele é, porque há certas atitudes, que ele não teve, que dignificam um Homem.

Abraço

Daniel disse...

Parabéns pelo post. Dói imenso, mas concordo em absoluto. Fico a torcer pelo André, agradecendo-lhe também todas as alegrias ao longo desta época que pareceu uma década!

Miguel Lima (penta1975) disse...

caríssimas(os),

por diversos motivos, o Tomo I dará origem ao (novel) Tomo II.

peço-te o especial favor de actualizares a tua lista de blogues, quando puderes ;)
gracias


«este é o nosso destino»: «a vencer desde 1893»!

saudações desportivas mas sempre pentacampeãs! ;)

Miguel | Tomo II

Hugo disse...

Nem ontem na entrevista que deu à Chelsea TV mostrou qualquer tipo de gratidão pelo clube e pelos adeptos.
Garoto imbecil. Não contem comigo para branquear atitudes como as que o garoto teve.