quarta-feira, 20 de junho de 2012

Um Verão longo e imprevisível

O mercado futebolístico de Verão está-se a tornar para o FC Porto uma espécie de roleta. Mas daquelas que só param quando o casino fecha! Vai voltar a ser assim até 31 de Agosto. Estamos reféns do mercado e dos humores de árabes e milionários de Leste! E o ‘Euro 2012’ não nos tem favorecido: têm sido utilizados jogadores que desejaríamos manter (Moutinho, a realizar uma prova em crescendo e a ver o seu passe cada vez mais valorizado), enquanto que os jogadores que temos no mercado (Miguel Lopes e Rolando) não têm saído do banco de suplentes.
Com Álvaro Pereira aconteceu algo semelhante: o jogador saiu valorizado da última Copa América (o Uruguai venceu a prova realizada no Verão do ano passado), no entanto, o FC Porto colocou (e bem!) os seus interesses desportivos acima dos económicos, tentando realizar uma boa campanha na Liga dos Campeões (e eram difíceis de prever as birras e os maus humores do lateral uruguaio ao longo da época). Agora será muito difícil transaccioná-lo por um valor acima dos 20 milhões de euros….
Sobra Hulk, que, muito provavelmente, vai fazer parte da Selecção brasileira presente nos Jogos Olímpicos (o seu passe inflacionou depois dos golos ao serviço da Selecção e o FC Porto pode querer esperar pelo desfecho da competição para beneficiar do leilão em torno do ‘Incrível’), ou seja, tendo em conta que a competição termina na segunda semana de Agosto, e sendo o Brasil forte candidato a estar presente na final da prova, é provável que a novela à volta da sua saída só termine próximo do último dia do fecho de mercado.
Ou seja, o FC Porto vê-se obrigado a esperar. Correr riscos (assegurar desde já reforços que possam vir a suprir eventuais saídas) é um luxo que não temos possibilidade de assumir no actual quadro económico. É o preço a pagar por se ser grande na Europa e não ter poder financeiro que corresponda a esse estatuto! 

3 comentários:

ℙΣ₦₮∀ ➀➈➆➄℠ disse...

« É o preço a pagar por se ser grande na Europa e não ter poder financeiro que corresponda a esse estatuto! »

de facto, é essa a (única) conclusão que se pode retirar em cada defeso.

abr@ço
Miguel | Tomo II

The Blue Factory of Dreams disse...

Tudo isso é muito mau, muito foge do nosso controlo mas nem tudo assim é, apesar de tudo o pior é mesmo ter o mesmo inquilino na cadeira do técnico principal.

Anónimo disse...

Vai ser um sufoco para nós Portistas até 31 de Agosto, ainda para mais com um treinador que não sabe onde os jogadores rendem mais, veja-se o João Moutinho a jogar mais à frente rende muito mais, se calhar devia trocar com o Lucho não??
O que mais me preocupa de facto é saber que ficamos com um teinador campeão que não convenceu ninguém, nem convence isso é que me preocupa, o resto com uns ou outros teremos sempre uma boa equipa suficiente para ganhar o campeonato cá e pelo menos chegar ao oitavos da champions, veremos se não temos de trocar de treinador antes do Natal...