segunda-feira, 20 de maio de 2013

E pluribus unum!


Fim-de-semana gordo para o FC Porto: Andebol, Hóquei em Patins e Futebol. Isto é uma demonstração de vitalidade e ecletismo que confirma o ambiente de ambição e união que se vive no clube. O Benfica levou uma autêntica ensaboadela!
No Futebol, como não é possível dedicar uma palavra a todos os jogadores, optamos por, em nome de todo o grupo, felicitar o ‘capitão’ Lucho Gonzalez (foi sempre campeão nas 6 épocas em que representou o FC Porto: notável!), na nossa opinião o jogador que melhor personifica o vínculo e simbiose existentes neste ciclo-Vítor Pereira entre adeptos, jogadores e administração.
Lembrar ainda que o tricampeonato mantém o nosso maior rival preso ao embaraçante score de 2 campeonatos nacionais conquistados nos últimos 19 anos. E ambos garantidos de forma mais que suspeita e por isso justamente apelidados de Estorilgate e Campeonato dos Túneis. Felizmente, o nosso FC Porto está cada vez mais preocupado com a ‘forma como se vence’ em detrimento do cada vez mais em voga ‘ganhar a qualquer custo’ no seu maior rival. Esta época voltámos a dar um banho de seriedade e savoir faire ao Benfica. E pluribus unum!

2 comentários:

dragao vila pouca disse...

Num campeonato disputado ao sprint, só a cultura do F.C.Porto, um clube de resistentes e não de desistentes, permitiu este título tão saboroso. É esta cultura que temos de passar, constantemente, consolidar e não permitir que seja disvirtuada nunca, que nos tem distinguido. Fomos uns campeões invictos, justos, sem mácula. Três títulos nas principais modalidades que praticamos ao mais alto nível, em três dias dias seguidos, e de fortes emoções, distinguem-nos como um clube à parte no panorama do desporto português. O Porto é isto. Coitado de quem não perceber.

Abraço

Armando Pinto disse...

A vida assim é muito mais bela, com o F C Porto campeão!