terça-feira, 7 de dezembro de 2010

O pior já passou!

E já passou porquê? Porque o FC Porto chegou a este jogo super-desgastado depois da épica jornada de Viena. Seria extremamente injusto dizer que o FC Porto jogou mal apenas em função do que foram os 90 minutos do jogo de ontem. O FC Porto chegou cansado ao jogo e isso notou-se na falta de clarividência no passe (e às vezes eram passes fáceis!), uma das consequências naturais do desgaste físico.
O FC Porto jogou bem enquanto teve forças e até merecia uma vantagem mais dilatada ao intervalo. Deixo apenas uma nota sobre a polémica arbitragem de ontem: vamos lá ver se a imprensa indígena analisa o trabalho de Elmano Santos (é um árbitro que sente necessidade de mostrar que é corajoso!) da mesma forma que analisou a actuação de Jorge Sousa no Sporting - FC Porto da semana passada.
Agora, será importantíssimo vencer na próxima jornada em Paços de Ferreira. Se assim for, o FC Porto despede-se de 2010 com uma vantagem de pelo menos 8 pontos (na prática são 9) sobre o segundo classificado. Como a Liga portuguesa só regressa dia 9 de Janeiro, essa vantagem vai criar no segundo classificado a sensação do prolongar da distância pontual. Um cenário que experimentámos na época passada, mas com uma desvantagem pontual bem menor e que, ainda assim, nunca conseguimos anular.
A partir de agora, qualquer deslize do segundo classificado será irrecuperável. Ou seja, além de já ter hipotecado o discurso da ‘verdade desportiva’, o Benfica tem agora o discurso da ‘luta pelo título’ preso por arames!
Positivo (+):
- a transição defensiva durante a 1ª parte foi o que o FC Porto fez de melhor no jogo de ontem (durante esse período, o Vitória não se aproximou uma única vez da baliza de Helton);
- a paciência do público (depois da desgastante jornada de Viena, e com o primeiro golo a tardar, a plateia do Dragão soube ser tolerante com a equipa,… mas só até faltarem as forças!);
- o FC Porto apresenta 4 vitórias em 5 jogos (VVEVV) neste curto período em que Villas-Boas viu as suas escolhas serem muito condicionadas pelas lesões e pelos castigos;
Negativo (-):
- o desgaste de Viena fez-se notar bastante durante a 2ª parte, só assim se pode explicar a grande quantidade de passes falhados por jogadores como Belluschi, Moutinho, Hulk e Falcão (este último apresentou-se esgotadíssimo!);
- a ala esquerda do FC Porto (Emídio Rafael esteve desastrado e Cristian Rodriguez continua com aquele futebol inconsequente e confuso);
- a excessiva dramatização de Manuel Fernandes em torno da arbitragem (esperemos que seja coerente se o árbitro voltar a errar nos dois próximos jogos do Vitória frente ao Sporting);

6 comentários:

Dragaopentacampeao disse...

A ideia com que eu fico é que, para os atletas, o campeonato terminou com a estrondosa vitória sobre os lampiões.

Daí para cá, os jogos realizados não tiveram a mínima qualidade, frente a adversários nitidamente mais fracos (Sporting e Rapid incluídos).

A excepção foi mesmo em Viena, face às difíceis condições climatéricas.

Por isso, ainda que reconheça o desgaste provocado no jogo anterior, não posso deixar de estar decepcionado com o comportamento da equipa.

A vitória de ontem foi muito lisonjeira.

Um abraço

P. Ungaro disse...

O jogo de ontem foi fraquinho ... independentemente do jogo com o Rapid poder ter influencia no cansaço de alguns jogadores, não vejo justificação para não termos arrumado o jogo logo na primeira parte. E graças a estrelinha de campeão é que conseguimos os 3 pontos.
Espero que tenha servido de lição

Um abraço

http://fcportonoticias-dodragao.blogspot.com/

Anónimo disse...

Uns viram o copo meio-cheio, outros viram-no meio-vazio... O FC Porto jogou mal pelo cansaço físico ou pela falta de atitude e concentração? A verdade estará algures no meio...

r.m.silva da costa disse...

Espero bem que o pior tenha mesmo passado.

É que provações como a de ontem à noite, não sei se voltarei a aguentar.

Mas que soube bem, soube. Pelos efeitos colaterais...

Chupa!

Alex disse...

Eu continuo sem estar muito preocupado com estas últimas exibições. Acho q o Porto tem feito o q é necessário se bem q ontem isso não ia chegando.
Acho q quando é preciso o Porto mostra-se mais, quando não é não vale a pena exagerar.

De referir que o Rafael é muito fraco, ou esteve muito muito fraco. O Rodriguez, nem sei o q se passa com o rapaz.

Nota muito positiva para o Otamendi. Demonstra um caracter muito mais sério do que o Maicon.

Cumps.

Armando Pinto disse...

Vencemos. O mais importante foi conseguido, que foi vencer e manter a distância para os mouros vermelhos e verdes. Vencemos pela margem mínima, com um susto e suspiro sôfrego de alegria no final.
Já se sabe que há muita gente descontente, nossos e especialmente dos outros, pois todos contávamos com uma vitória tranquila, e assim vão aparecer desabafos e críticas. No entanto até começamos bem, apenas que aquelas iniciais grandes defesas do guardião sadino nos impediram de partir para a tal exibição normal desejada. Depois foi o que se sabe, ao que não estará alheio o cansaço do jogo da neve e também cansativa viagem a horas impróprias, tendo-se notado falta de frescura, que tolheu o raciocínio. Depois, perante a escassez do resultado e da marcação de um penalty forçado, contra nós, foi um final atribulado, com o setubalense a antecipar-se ao apito do árbitro para a marcação, sem que, portanto, o guarda-redes sequer contasse, e na repetição Deus escreveu direito, felizmente, no torto remate, por alto.
Sendo assim, tudo acaba bem, não na exibição mas no resultado e, sobretudo, em ter acabado com os nossos adversários /adeptos/comunicação social do contra, todos os contrários a ficarem com uma cabeça de melão. Eu até prefiro assim, antes quero assim, desde que a nossa equipa ganhe e eles, os do contra, fiquem f......
Não vi o jogo mas gravei-o e já pude ver nas calmas, saboreando a vitória, que é o que interessa. Porque já vi muitas vezes o Porto a jogar bem e não ganhar, que fico contente sempre que se ganha e os outros ficam contrariados.
Parabéns aos heróis que puderam e quiseram estar presentes, os bons Portista e não assobiadores, que estiveram no Dragão, apesar de ser início de semana e noite murrinhento-invernosa.

http://www.longara.blogspot.com/