quinta-feira, 12 de julho de 2012

Começou a aventura 2012/13!


Aí está o FC Porto 2012/13! Ainda aos soluços (faltam vários internacionais), mas com os hábitos de vitória intactos. O Servette, apesar de ter a preparação bem mais adiantada (inicia a Liga Suiça já amanhã), surgiu em campo com os habituais suplentes. Isso até foi conveniente, pois o seu «onze» mais rotinado iria obrigar o FC Porto a correr mais do que provavelmente desejaria para esta fase da preparação (o primeiro jogo de pré-época nunca deve ser intenso). Mas foi bom começar a ganhar. Algumas notas sobre o jogo:
- o caloiro a quem iríamos prestar mais atenção, Cristhian Atsu, não desiludiu (e a grande disponibilidade que revela para defender vai jogar a seu favor na altura de decidir quem fica no plantel);
- Kléber foi o mais elegante e também o mais letal em campo: dois golos ‘à Van Basten’!
- com o passar dos anos, Lucho perdeu em resistência física o que ganhou em classe e esclarecimento (vai continuar a ser fundamental, pelo menos mais uma época!);
- Iturbe surgiu com um futebol mais agressivo e menos inconsequente do que aquele que apresentou nos poucos jogos que realizou na época passada;  

3 comentários:

Rui Anjos (Dragaopentacampeao) disse...

Foi um treino interessante, nada mais que isso. Ainda é cedo para tirar conclusões e faltam ainda algumas das estrelas mais cintilantes.

Houve coisas positivas e negativas obviamente. A pressão alta, a posse de bola e a organização defensiva enquadram-se nas primeiras; a dificuldade de penetração e muitos passes transviados, nas últimas.

Gostei do desempenho de Atsu, entre os novos, e de alguns apontamentos de Iturbe, Castro e Kelvin. Entre os consagrados, destaco a boa exibição de Lucho, a eficácia de Kléber e de alguns apontamentos de James.

Do que menos gostei foi da clara inadaptação de Sereno na ala direita, da imprecisão de Defour e no baixo rendimento de Djalma.

Vítor Pereira vai ter de ser muito arguto para escolher o melhor plantel possível.

Um abraço

Jorge disse...

Ricardo, já se inscreveu no I Encontro da Bluegosfera? seria um prazer poder contar com a sua presença!
mais informações em www.facebook.com/Bluegosfera

um abraço,
Jorge

Armando Pinto disse...

Jogo interessante. Mas depois deste começo prometedor, veio um dia azarado, com as notícias do fim do basquetebol do F C P e as novas camisolas...
Já nem me apetece dizer nada... Desde que em 2000/2001 o tempo de presidência de Pinto da Costa ficou associado à mudança anual de equipamentos, passando o F C Porto a ser como qualquer clube dos que não tinham nem têm camisola certa, já nada me admira... Passou a mandar a SAD, o aspeto comercial passou a sobrepor-se a tudo, foi sendo encurtado o número de modalidades... Realmente o pavilhão (Dragão caixa) assim depressa vai passar a ser local de encontro de tertúlias, de conferÊNCIAS, CERIMÓNIAS E ENCONTROS, MENOS DE DESPORTO... Sinceramente não entendo como se gastam balúrdios com aquisição de estrangeiros para o Bilhar, que é uma modalidade restrita para alguns escassos espetadores, e acabaram (pese as justificações, ou desculpas) com o Atletismo, visto por multidões nas estradas, o Ciclismo, que tantas paixões despertava, etc. etc. E agora o basquetebol... Eu até estou à vontade pois não gosto de assistir a jogos de basquetebol, pela constante alternância e incerteza do marcador, mas era uma modalidade histórica no clube e com muitos adeptos... Enquanto o caso dos equipamentos até enerva. É vergonhoso para um grande clube ter as bancadas com adeptos equipados com coisa de dez ou mais formatos de camisolas diferentes... Enfim. Então este ano é uma bodega autêntica, quer a firma, que me recuso a chamar pelo nome (publicitar), quer os responsáveis, perderam o nexo... No meio disso tudo só desejo que o F C Porto continue a vencer, para se manter no topo, pois as pessoas passam e o clube fica!

Abraço.
AP

Memória Portista
http://memoriaporto.blogspot.pt/