quinta-feira, 4 de outubro de 2012

‘Solid as a rock’!


Afinal não é assim tão difícil explicar a diferente abordagem que o FC Porto fez aos dois últimos jogos: o encanto da ‘Champions’ falou mais alto! Notável a entreajuda e jogo colectivo que o FC Porto praticou ontem. Houve momentos em que parecia que estávamos a assistir a um jogo de râguebi: as bolas divididas e a conquista de terreno foram um jogo dentro do próprio jogo. Um combate pela bola que o FC Porto venceu aos pontos!
Quem deve ter apreciado a nossa postura táctica foi Jorge Jesus (presumimos que assistiu ao jogo). Sendo um apreciador destas coisas da táctica (e um envaidecido professor!), certamente que o técnico do Benfica invejou a exibição do FC Porto a esse nível. Nunca vimos a equipa de Jesus ser assim tão sólida e consistente. A intensidade que o FC Porto colocou em campo até nem foi assim tão alta, mas foi muito constante. Não houve um único período em que estivéssemos por baixo no jogo. Bela noite europeia!
Quanto ao PSG, nota-se que são treinados por um italiano. Abordagem ao jogo cautelosa: muita gente de características defensivas (raramente se desequilibram) e apenas 2 ou 3 jogadores (Ibrahimovic, Nene, Ménez,….) que, pela sua qualidade técnica, resolvem um jogo numa noite de inspiração. Ou seja, não se importam de defender com muitos e atacar com poucos. Isso obrigou o FC Porto a ser paciente e a correr poucos riscos.
Agora, com a vitória de ontem, o FC Porto pode garantir o apuramento para os ‘Oitavos’ aquando da recepção ao Dinamo de Zagreb (5ª jornada). Para isso ser uma realidade, necessitamos de conquistar pelo menos 4 pontos nos dois jogos frente ao Dinamo de Kiev. Poderá ser a única forma de garantirmos a qualificação para os ‘Oitavos’ antes da visita a Paris.  

2 comentários:

Rui Anjos (Dragaopentacampeao) disse...

Foi no fundo a vitória do colectivismo ainda que o resultado tenha sido colorido com uma autêntica obra de arte de James.

Quando se joga com esta atitude, o mais provável é ganhar. Pena foi a ineficácia no remate, que a não acontecer, transformaria este magro resultado num outro mais amplo e mais justo.

Apesar de tudo, ainda houve algumas falhas defensivas de «palmatória», felizmente sem consequências, mas que convém não repetir.

Estão todos de parabéns e espero que daqui para a frente todos se empenhem da mesma forma, seja que adversário for.

Um abraço

ℙΣ₦₮∀ ➀➈➆➄℠ disse...

caríssimas(os),

num dia a todos os níveis frustrante, só mesmo o nosso FC Porto nos conseguiu dar uma alegria e encher-nos de orgulho!

que a exibição de ontem tenha continuidade já no próximo encontro, é o que mais desejo!


somos Porto!, car@go!
«este é o nosso destino»: «a vencer desde 1893»!

saudações desportivas mas sempre pentacampeãs a todas(os) vós! ;)
Miguel | Tomo II