segunda-feira, 22 de fevereiro de 2010

«Deixem-nos jogar!»

O desabafo é de Jesualdo Ferreira e ilustra bem o misto de emoções que se viveu ontem no Estádio do Dragão. A revolta, pela imbecil decisão da Comissão Disciplinar da Liga, deu lugar à euforia, com o «show» de bola (5-1!) que o FC Porto ofereceu ao entusiasta público do Dragão. De facto, é uma pena o sistema de jogo que o FC Porto privilegia não “encaixar” em todo o tipo de adversários. Se assim fosse…
Hoje, era absolutamente obrigatório vencer. O que estava em causa não era apenas conservar o sonho (cada vez mais utópico!) do ‘Penta’, mas também manter à vista os lugares que dão acesso à Liga dos Campeões.
Sendo uma competição que permite equilibrar as contas e valorizar, quase exponencialmente, o passe dos jogadores (aquilo que garante a vitalidade do FC Porto pós-SAD), a ‘Champions’ passou a ser quase uma segunda casa para o FC Porto. Além disso, é preciso defender o primeiro lugar na lista de clubes com mais presenças na prova (é provável que o Manchester United se mantenha a par do FC Porto, pois a Inglaterra vai continuar a garantir 4 participantes na prova).
Assim, não foi surpreendente que o FC Porto tenha jogado tudo nesta partida frente ao Sp. Braga. Nas actuais circunstâncias, o empate não nos servia para nada!
Neste momento, e para quem está a realizar uma época relativamente atípica, a perfomance do FC Porto até nem pode ser considerada assim tão decepcionante. Apesar do atraso no campeonato, o FC Porto mantém-se em todas as frentes e parece ser uma equipa em nítido crescimento. Pode ser que a época ainda nos reserve algumas coisas boas…
Agora, as contas não são difíceis de fazer. Com o Benfica e o Sp. Braga a, respectivamente, 6 e 5 pontos de distância, temos que esperar duas escorregadelas de cada um dos nossos adversários. No caso do Benfica, e até ao clássico do Dragão, o FC Porto terá de ver aquela diferença reduzida para pelo menos 3 pontos. Onde (e quando) vamos resgatar esses 3 pontos? E para a semana há um Sporting-FC Porto…
Positivo (+):
- o FC Porto nunca acusou a pressão de ter de vencer;
- a qualidade de passe de toda a equipa do FC Porto (nesse particular, talvez tenha sido o jogo mais bem conseguido da época);
- as assistências de Varela e os golos, e a movimentação, de Falcão (neste momento, já ninguém lamenta a saída de Lisandro Lopez);
- o golo de Álvaro Pereira, que veio premiar as correrias desenfreadas do uruguaio pelo flanco esquerdo;
- a forma concentrada e rigorosa como o FC Porto defendeu;
- a empatia entre o público do Dragão e a equipa;
- o anúncio do FC Porto em torno de um jogo de homenagem às vítimas do temporal na Madeira;
Negativo (-):
- o golo do Sp. Braga talvez tenha sido a única nota negativa numa noite quase perfeita;

9 comentários:

anderson caetano disse...

Ola! o blog andersonoradialista já está reativado com notícias impetuosa do futebol. espero a participação de você no meu blog.
endereço:http://andersonoradialista.blogspot.com.
também fazemos paceria de divulgação de blog. entre em contato.

Anónimo disse...

Não fossem os Calabotes Paixão, Ferreira e quejandos, o medricas vendido Olarápio, o jurista vs vigarista Riscado Corta (…a direito por linhas tortas…) e todos os torpes malabarismos da mourilândia, estávamos à frente das "toupeiras dos túneis". Esses ratos da provocação e da manipulação podem conseguir os seus intentos, mas vão ter que suar às estopinhas para o conseguir. E pode ser que, na sua plenitude, o feitiço se vire contra o feiticeiro… É que o nosso FCP está mais forte, robustecido, moralizado. A união faz a força! Eu acredito, vamos todos acreditar e apoiar esses briosos atletas que envergam com garbo, com muita honra, a sagrada camisola do FC Porto! Nós nunca nos abatemos, somos mais fortes quando nos querem destruir; foi assim no passado é assim no presente. FORÇA, FORÇA, PORTO!
Fernando Moreira - V. Real

Dragaopentacampeao disse...

Bom jogo, muitos golos e espectáculo. Um Porto de qualidade a galvanizar um estádio quase cheio. Lindo!

Mas não podemos embandeirar em arco. Temos muitos pontos de atraso que necessitamos recuperar e que não dependem apenas da nossa eficácia.

Podemos vencer todos os jogos até final e não conseguirmos o objectivo.

Resta-nos ser competentes e esperar o milagre.

Cada jogo será como uma final.

Unidos venceremos.

Um abraço

The Blue One disse...

Grande Jogo de um FC Porto revoltado e farto de ser maltratado em toda a Comunicação Social e na Liga Portuguesa de Futebol.

Melhor Grito de revolta e de apoio a Hulk e Sapunaru era impossível!!!

Foi uma goleada a um Braga, que muitos coroaram como um Candidato ao Título, que faz com que nós Portistas voltemos a sonhar com o Penta...

Micael o que de tão bom vieste fazer e porque não vieste mais cedo.

Agora é o Dragão ganhar todos os jogos e esperar que os adversários escorreguem... O Benfica será com certeza o primeiro, pois a Águia já se queixa que não pode mais graças aos métodos de Treinos do Papa Pastilhas... Resta saber se o Braga quebrou ou quebrará.

Cumprimentos e saudações Portistas!!!

Armando Pinto disse...

Um jogo e resultado a encher as medidas, com o ainda 2º. Agora espera-se que acabem as roubalheiras, que o apito vermelho não tenha interferência em Alvalade, pois com resultados normais basta os mouros encornados perderem três pontos, porque têm de vir jogar ao Dragão...!

Anónimo disse...

PJ faz buscas em escritórios do F.C. Porto
14h
Nuno Miguel Maia

A Polícia Judiciária está neste momento a efectuar uma busca aos escritórios da SAD do F.C. Porto, no estádio do Dragão.

Inspectores ligados ao sector do crime económico da Judiciária de Lisboa estão desde a manhã cedo de hoje, quarta-feira, nas instalações do clube portista e mantém-se em operação de busca e apreensão de documentos e elementos informáticos.

Em causa estará um processo em que se investiga suspeita de crimes de fraude fiscal e branqueamento de capitais relacionados com transferências de jogadores.

Os factos averiguados terão partido da denúncia de Carolina Salgado, ex-namorada de Pinto da Costa, tendo os factos vindo a ser investigados pela equipa especial do ministério público coordenada pela procuradora Maria José Morgado.
----

A perseguição continua ???!!!

E além disso é optimo para "desviar atenções" e "desestabilizar" o FCP ???!!!

Anónimo disse...

17:29 - Futebol - FC Porto
PJ desliga FC Porto dos crimes que levaram as buscas no Estádio do Dragão

A Polícia Judiciária desligou hoje o FC Porto dos crimes que levaram a buscas nos escritórios da sua SAD, afirmando que o alvo é um cidadão belga suspeito de crimes fiscais.

"Em causa está um processo belga, envolvendo um cidadão domiciliado fiscalmente naquele país e o FC Porto nada tem a ver com o caso", disse à Lusa uma fonte oficial da PJ, sem esclarecer se trata empresário italo-belga Luciano D'Onofrio.

As autoridades portuguesas limitaram-se, segundo a fonte, a procurar a documentação pedida em carta rogatória das suas congéneres belgas.

Também contactado pela Lusa, Gil Moreira dos Santos, o advogado do presidente do FC Porto, confirmou que o alvo da investigação belga que conduziu a estas buscas foi Luciano D'Onofrio, que trabalhou com os "dragões" na década de 90.

Gil Moreira dos Santos disse que "bastaria que pedissem os documentos", em vez de os procurarem, e descreveu as buscas como "um fait-divers" depois do 5-1 ao Braga e em vésperas de um jogo importante com o Sporting.

Buscas similares às realizas hoje nos escritórios da SAD do FC Porto já tinham ocorrido em Junho de 2009 na sede do Barcelona, envolvendo também negócios protagonizados pelo empresário italo-belga Luciano D'Onofrio.
ojogo

Anónimo disse...

18:13 - Futebol - FC Porto
Rui Rio é testemunha de defesa de Rui Santos num processo com Pinto da Costa

O presidente da Câmara Municipal do Porto, Rui Rio, é uma das testemunhas de defesa apresentadas por Rui Santos, num processo que opõe o líder do FC Porto, Pinto da Costa, a este jornalista.

Rui Santos, comentador do programa Tempo Extra, na SIC, e ainda autor do livro Estádio de Choque, é acusado de dois crimes de difamação agravada a Pinto da Costa.

Rui Santos terá injuriado Pinto da Costa em dois momentos, de acordo com a acusação: em excertos do livro publicado e também no programa televisivo.

Rui Santos disse na SIC que Pinto da Costa recebia, em anos anteriores a 2004, 400 euros mensais, baseando-se num documento que transcrevia declarações do presidente portista em tribunal.

Esta quarta-feira, na primeira sessão do julgamento - sem a presença de Rui Santos -, foram ouvidos, além de Pinto da Costa, o director geral da SAD para o futebol do FC Porto, Antero Henrique, o jornalista Nuno Maia e ainda o procurador Carlos Teixeira, testemunhas arroladas pela defesa.

Carlos Teixeira ouviu Pinto da Costa em 2004, no âmbito do processo "Apito Dourado".

O presidente do FC Porto disse hoje nos Juízes Criminais do Porto que Rui Santos "mentiu", em alusão àquela declaração dos 400 euros mensais.

"Eu nunca disse em tribunal que ganhava 400 euros por mês. Até o salário mínimo, nessa altura, era mais alto do que isso. Tudo isso é uma mentira", disse Pinto da Costa, acusando também Rui Santos de fazer "livros para insultar as pessoas".

O comentador Rui Santos é ouvido a 10 de Março, pelas 14:00, na segunda sessão do julgamento.

Além de Rui Santos, é também ouvido Rui Carvalho, elemento do "staff" do FC Porto e testemunha apresentada pela acusação.

Alexandre Magalhães, crítico da gestão de Pinto da Costa no FC Porto, e os jornalistas do Expresso Ricardo Costa e Rui Gustavo são as testemunhas arroladas pela defesa e ouvidas na segunda sessão.
ojogo

Anónimo disse...

Não resisti...
As minhas desculpas mas nem sempre se pode ganhar.
Um abraço benfiquista.