segunda-feira, 22 de março de 2010

A impotência do nosso FC Porto

Começa a ser cada vez mais difícil assistir ao final de época do FC Porto. E pensar que a equipa esteve mais de uma semana a preparar este jogo. Afinal, para quê tanto recolhimento (estágio num antigo Palácio), conforto (viagem num voo privado) e contenção nas palavras (ninguém falou à imprensa nas vésperas do jogo)?
Assim torna-se difícil analisar o jogo, pois já nem sabemos a quem pedir responsabilidades: a jogadores, a treinadores ou à SAD? Estamos confusos!
Perante a postura (de alguns jogadores), equívocos (do treinador) e infelicidade (lesões) que têm perseguido o FC Porto, ficamos com uma dúvida: será melhor esperar pela final da Taça de Portugal (seria uma desilusão se o FC Porto não estivesse presente no Jamor!) ou pedir que a época termine já esta semana?
As últimas semanas foram um reflexo perfeito da irregular e inconsistente época que o FC Porto tem realizado. Depois das vitórias sobre Arsenal (2-1), Sp. Braga (5-1) e Sporting (5-1), seguiram-se autênticas derrocadas em Alvalade (0-3), Londres (0-5) e Faro (0-3).
Ontem, a época que as duas equipas estão a realizar acabou por ser determinante na forma como ambas abordaram o jogo. Foi com precipitação e ansiedade que o FC Porto respondeu à melhor desenvoltura e fluidez de jogo do Benfica. No final, e mesmo que Nuno não tivesse cometido aquele erro que deu origem ao primeiro golo do Benfica, ficámos com a sensação que o FC Porto não conseguiria discutir o jogo.
Agora, só sobra a Taça de Portugal. E devemos agradecer a mudança do regulamento, que agora obriga a jogar as meias-finais em duas mãos. Se assim não fosse, este irregular e pouco consistente FC Porto corria o sério risco de nem chegar ao Jamor.
Positivo (+):
- Fernando, Rolando e Falcão, os únicos jogadores do FC Porto a abordar o jogo com lucidez e sem nervosismo;
Negativo (-):
- a infelicidade de Nuno, que fez elevar ainda mais o estado de ansiedade e insegurança com que o FC Porto entrou em campo;
- Jesualdo Ferreira, que insiste em abordar os jogos com um sistema ('4-3-3') para o qual, actualmente, não possui intérpretes (sem extremos que criem desequilíbrios é inútil posicionar a equipa daquela forma);
- a impotência do FC Porto, que nunca conseguiu contrariar a confiança da equipa do Benfica;
- Ruben Micael, que se "escondeu" do jogo (consequência de um actual mau momento físico?);
- o inexplicável nervosismo de mais de metade da equipa do FC Porto (houve jogadores a perder a cabeça logo após o primeiro golo);

15 comentários:

Armando Pinto disse...

Análise ajustada.
Neste momento não devo acrescentar nada que todos não sintamos... Por isso, para desanuviar, apenas digo que coloquei um artigo no meu blogzito de distração

http://www.longara.blogspot.com/

a tentar retemperar o ânimo de quem melhor conheço. Estava para ser, dentro do mesmo tema, mas de outro modo e feitio. Assim vistas as coisas, teve de ser como foi e é...
Agora, nem sei o que dizer mais.
Um abraço

Anónimo disse...

Amigo benfiquista chegado do algarve... Qhero ver ... Amigo benfiquista chegado do algarve...
Qhero ver como vais encontrar palavras...
Um abraço

Dragão Azul Forte disse...

Em 10 deste mês, após o descalabro de Londres, eu dizia aqui: "A equipa está completamente destroçada, não tem "ponta por onde se pegue". … Nesta conjuntura, o que nos reserva o resto da época? Nada! Temo que cada jogo seja mais um suplício pior que o de "tântalo". … Então que fazer? Bem, eu sei que não é norma, não faz parte dos hábitos da "casa", mas, neste momento, perante as circunstâncias, não é descabido que o treinador saia de imediato. É preciso um safanão, é preciso acautelar o resto da época mesmo com serviços mínimos. Caso contrário vamos continuar a assistir ao descalabro e à humilhação. De Jesualdo já foi tudo dito e não tiro um milímetro ao mérito que todos lhe reconhecemos. Mas basta, Jesualdo acabou, não capitaliza mais nada do que fez, já não lidera. É lamentável, mas é a verdade. Ele próprio, inteligente que é, deveria pedir e forçar a saída - de imediato."
Pois neste momento continuo a pensar e a dizer o mesmo. E reforço a realidade: o treinador já não existe. A equipa está à deriva e assim nem à final da Taça de Portugal chegamos. Não acreditam? Oh amigos, com esta postura, com a equipa a jogar (a não jogar…) assim, nem ao último dos últimos ganhamos. Colapsou! É um descalabro! Parece impossível, mas é verdade.

Henrique disse...

De novo uma grande desilusão. Eu sou mesmo doente e cansado con estas derrocadas mas fico portista até a morte.

The Blue One disse...

Mau demais para ser Verdade...

Não sei o que dizer nem o que pensar. Revolta-me e magoa-me imenso ver o Futebol Clube do Porto a jogar assim e custa-me ainda mais ver um Treinador que é só TetraCampeão Nacional a não conseguir ter mão na equipa...

Nem nos tempos que antecederam Mourinho as coisas pareciam tão más. Nem o Couceiro teve um período tão mau como o actual de Jesualdo.

Não sei se as causas desta espiral de auto destruição foram a arrogância do nosso Porto, se foram as Comissões. o Treinador que é Cobarde ou se é a Política de Gestão do Plantel que está a falhar.

O que eu sei é que se nada for feito o nosso Dragão corre o sério risco de se transformar numa espécie de Benfica e ficar anos sem ganhar nada.

Saudações Portistas de um Adepto que bem avisou que este cenário iria acontecer...

Luis Miguel -leiria disse...

Eu tenho 24 anos. Sou simpatizante do fcp desde a época 95/96.

Felizmente, vivi grandes alegrias dadas pelo clube que mais simpatizo.

Mas não aja dúvidas que este é um momento que nunca pensei ver.

È sem duvida o pior momento que alguma vez vivi como adepto deste clube.

O jesualdo já não existe como treinador, já não temos presidente, já não temos capitão.

Ou metade da equipa sai, e se fazem boas contratações a pensar nas próximas épocas, ou então teremos que aturar os "abutres" mais do que um ano.

e creio que todos nós sabemos o quanto insuportável aturar os benfiquistas.

Deixar só uma ultima nota para o Nuno, que apesar de suplente integrado na equipa não mostrou a vontade e atenção que deveria ter para lutar pelo lugar. Para mim, que sou Guarda redes na distrital, não dou a minima desculpa a um guarda redes que faz o que ele fez ao construir uma barreira daquelas perante o Carlos Martins. Inaceitável !

Este porto tem cada jogador num barco individual perdidos á deriva, sem saber onde está o barco mãe.

triste, e o pior é que esta época ainda não acabou.

desejo que ainda consigamos dar a a volta, como o sporting tem conseguido, sempre dá para disfarçar as feridas.

Cumps

Anónimo disse...

Desculpem o anonimato, mas aqui vai:

Sou portista de coração, mas ontem antes e durante o jogo nunca acreditei que fosse possível marcar um golo sequer.
Sem alegria, sem ideias, sem pujança física (e com mais 5 dias de descanso que os adversários), no fundo sem vontade de vencer.

As desgraças da equipa começam num treinador que coloca o 3º GR a defender. E dele, vai a culpa dos 2 primeiros golos sofridos: o primeiro de palmatória, e o segundo pq estava atrás da barreira em vez de estar no lado descoberto da baliza, como mandam as regras.

Fico triste com tudo isto, e concordo com uma das opiniões aqui lidas: O Jesualdo deveria sair JÁ e ao menos começava a preparação da nova época com o futuro treinador. Ou será que não saí pq vai ser o Domingos o próximo?
Espero que não pq precisamos de experiência, coisa que falta ao Domingos.
A ver vamos.

Dragaopentacampeao disse...

Infelizmente os temores que confessei há semanas atrás da eventualidade do que faltava da época se transformasse num suplício estão a confirmar-se.

São momentos verdadeiramente dramáticos que requerem da nossa parte alguma serenidade e reflexão.

Apesar de tudo não me apetece contribuir para crucificar quem quer que seja.

A hora é de unir porque não sou apenas adepto das vitórias, apesar do prazer inquestionável que elas me proporcionam. De resto, seria bem fácil mas demasiado tarde para eleger bodes expiatórios.

Vou continuar a confiar no bom senso e sabedoria do Presidente.

Às vezes é necessário cairmos na realidade para tomar as medidas certas.

Pinto da Costa não nos desiludirá.

Um abraço

Big Midget disse...

Benfica vence com bónus de Nuno

Vejam e comentem:

http://oladodofutebolquenuncaviram.blogspot.com/2010/03/benfica-vence-com-bonus-de-nuno.html

Abraço

Dragão Azul Forte disse...

Amigo Luís Miguel, Caro Portista:
Gostei muito do seu comentário, muito pertinente. Gostaria de acrescentar o seguinte para corroborar o que disse:
1) Eu tenho 58 anos, "senti" a vitória dum Campeonato nos anos 50 e esperei 19 anos para, com alegria incontida, festejar um título no fim da época de 70. A partir daí habituei-me às vitórias, inúmeras e saborosas. Também esperei 35 anos para ver o FC Porto Campeão Europeu. Em contrapartida tenho uma filha (portista ferrenha) que nos seus 19 anos já conquistou… TUDO como adepta do FC Porto.
Isto para lhe dizer que, tal como eu, muitos portistas esperaram anos e anos (e você deve saber por quê – ex. o despotismo e centralismo de Lisboa que tudo "puxava" para a capital) para ver o Porto vencedor. Mas nunca deixámos de amar o nosso Clube. Nunca! Seremos portistas até à morte! Também isso já afirmou a minha filha que bem conhece a minha história.
Amigo: o FC Porto é grande e cada vicissitude "apenas" serve para o embalar para novas conquistas. Vai ver que não se arrependerá de continuar fiel ao GRANDE DRAGÃO AZUL.
2) Achei curiosa e muito pertinente a questão do Nuno e da barreira no 2.º golo. Eu também pensei: "barreira com 3 elementos?!!!" E deu no que deu. Também é curioso você não mencionar o monumental frango no 1.º golo. É que, isso, são coisas que acontecem aos melhores… A displicência do Nuno na formação da barreira, NÃO. É indesculpável. Concordo consigo.
Caro Miguel, um grande abraço e VivÓ PORTO!!!

Anónimo disse...

Neste momento, o problema do FC Porto é o seguinte: o Presidente está mais interessado em gastar o seu vencimento chorudo em meninas brasileiras de origem duvidosa. Além disso, quem precede Pinto da Costa na hierarquia do Futebol parece estar mais interessado nas comissões que as carradas de banais jogadores sul-americanos lhes garantem.

Anónimo disse...

Apostemos em treinador portista e em jogadores portugueses, portugueses de verdade e não caipiras, portugueses com avós portugueses e não de importação. O FCPorto deve continuar a ser o grande embaixador da Região Norte ! Por favor, sr Pinto da Costa e restante SAD, esqueçam-se do negócio de compra e venda e construam um novo FCPorto. Grato !

Luis Miguel -leiria disse...

Caro dragão azul forte, não mencionei o frango do nuno, porque eu como guarda redes que sou, custa-me imenso quando culpam uma guarda redes só pelo simples facto de ter errado numa execução tecnica. um franfo nao passa disso mesmo.

e quando erram os jogadores da frente ? porque não os crussificam também ?

A posição de guarda redes não é para todos. é preciso ser-se muito forte mentalmente.


Já a construção da barreira não é a mesma coisa. Poder-se-á proceder como ele fez ao colocar apenas 3 elementos ou menos, quando se tem conhecimento que na equipa adversaria não existem bons executantes de livres, e se sabe que a bola será colocada na área, ficando assim mais elementos disponiveis na grande area.

Tal não era o caso.

Não vou deixar de ser simpatizante do fc porto só por esta época estar a correr como está. nem tal me passou pela cabeça.

jamais !!

cumps

Anónimo disse...

Concordo com os comentários anteriores. Sem duvida que estão a por o interesse pessoal a frente do interesses do clube.....
Antes de mais o Jesualdo deveria sair, a época está perdida, não consegue motivar os jogadores. Nesta altura não é fácil encontrar um treinador, não me importava que o Rui Barros orienta-se a equipa até ao final da época. O clube ficaria com tempo suficiente de preparar a próxima época e escolher um treinador a altura do FCP.
Apostar em jogadores nacionais, é sem duvida uma boa opção, já o tem sido em épocas anteriores 2003,2004. Comprar sul-americanos, só porque dão boas comissões não pode continuar.

Armando Pinto disse...

Afinal, quarta-feira, já com vista na final, resulta dizer: Hoje viu-se, após a reposição da verdade, agora oficial, que a nossa equipa se transfigurou, qual suspiro de alívio da transcendência em que se sentia amarrada. Vê-se agora que, como qualquer ser humano que se sente fragilizado perante as injustiças do poder reinol, também a equipa do F. C. Porto se abatia, quão miserável eram os ataques, tendentes a desmoralizar, diante da apatia geral, atendendo ao despudor a que chegaram as instâncias do poder desportivo do pais, fazendo fretes sucessivos ao clube do regime e à arrogância do mafioso Luís Filipe. A nossa Direcção, a SAD do futebol do F. C. Porto, o gabinete jurídico do FCP, seja como for, têm de fazer tudo para impugnar este campeonato dos túneis da Liga. Podem dizer que legalmente eles, os do regime dos vieiras, costas, hermínios, etc. têm tudo planeado, mas não podemos nem devemos cruzar os braços. Não chega pedir indemnizações, nem muito menos contentar-nos com vitórias morais, tem de se lhes dar uma verdadeira lição, aos mafiosos e corruptos. E, já agora, também, devem tentar reforço com o clube romeno a que foi emprestado o Sapunaru, outro lesado, o qual pode fazer mossa através da UEFA e FIFA, visto não ter podido utilizar o mesmo atleta este tempo todo. Mais, seja COMO FOR, E POR QUE MEIOS, DEVEMOS FAZER TUDO PARA LHES ESTRAGAR A FESTA QUE TÊM PLANEADA, RECLAMANADO DE MODO A QUE NO FINAL DA PROVA DA LIGA NÃO POSSA HAVER TÍTULO OFICIALIZADO… ficando pendente do recurso de impugnação apresentado pelo F. Porto…!!!
Armando Pinto
http://www.longara.blogspot.com/