sexta-feira, 2 de setembro de 2011

Partida Real

Depois da ressaca da Supertaça, do fecho do mercado e de uma espécie de partida virtual, agora sim temos a verdadeira partida real. Contas feitas perdemos apenas um jogador da equipa titular, mas este “apenas” tem uma carga muito mais pesada do que o valor semântico que a palavra transmite. Neste momento não adianta olhar muito para trás, é mais importante olhar em frente partindo outra vez à conquista de novos desafios, por outras palavras continuar a vencer. Aguardo com alguma expectativa os próximos encontros do FC Porto nomeadamente o de Leiria e o jogo da Liga dos Campeões, partidas que considero fundamentais para o sucesso desta época e acima de tudo confirmar se a evolução que se notou contra o Barcelona vai manter-se, uma vez que a margem de progressão, da maior parte dos jogadores, é muito grande e a expectativa quanto a integração em pleno dos reforços também não é menor. Resta apenas aguardar quais as mazelas que o mercado deixou em alguns jogadores e antever que em Janeiro o plantel vai sofrer alterações. Vamos esperar que até lá nenhuma prova fique comprometida.
Amândio Rodrigues, 2 de Setembro de 2011

2 comentários:

Carlos Dias disse...

Não tenho boas sensações para jogo em Leiria. Muitas ausências e vários jogadores que só esta semana treinaram a sério. Vai ser uma equipa completamente nova e estranha. Espero estar enganado, mas…

ℙ℮₦☨∀➆➄ ♅ disse...

caríssimas(os),

escrevo só para reforçar a seguinte ideia: regressámos à nossa condição de líderes do campeonato!
e por pleno direito!


«este é o nosso destino»: «a vencer desde 1893»!

saudações desportivas mas sempre pentacampeãs! ;)

Miguel | Tomo II