segunda-feira, 31 de outubro de 2011

Bipolaridade

Estas últimas exibições têm sido marcadas por irregulares performances alternadas de agradáveis momentos. Quer se concorde quer não, Vítor Pereira arriscou muito nas duas derradeiras partidas e ganhou, marcou uma posição e acabou por conseguir algum crédito. Mantenho as mesmas críticas que lhe fiz num texto anterior, mas o seu sucesso é também o nosso e manter VP ou substituí-lo por Paulo Bento, como já vi escrito prefiro claramente a primeira alternativa.
A verdade é que VP foi sempre olhado de soslaio, inclusive por uma grande franja de adeptos do FC Porto, se conseguir ter êxito será contra todas as probabilidades.
O próximo ciclo de jogos pode ser decisivo para o resto da época, terça vamos perceber se os jogadores entenderam a mensagem do treinador, enviada a todos quando mandou o Hulk para o banco, dando mostras de uma forte personalidade, até agora desconhecida.
O percurso até aqui não tem sido mau mas a convicção que fica no ar é que podia ter sido irrepreensível, vamos esperar que a bipolaridade desapareça e haja apenas um caminho para a vitória.

Amândio Rodrigues, 31 de Outubro de 2011

1 comentário:

José Rodrigues disse...

Eu gostava de saber onde está os 5% do passe do Hulk que desapareceram no 1º semestre de 2010.

E como é possível que tenhamos pago 22,5 milhões (com mais de 3 milhões em comissões) por um jogador? Somos milionários? Somos ricos?

É por isso que não há dinheiro para pagar aos Belgas.

Alguém acredita que vamos recuperar esse dinheiro? Alguém acredita que exista algum tonto que pague mais de 20 ou 25 milhões pelo Hulk?