segunda-feira, 28 de janeiro de 2008

Campeão do desperdício!

Foi um FC Porto romântico, e pouco realista, aquele que hoje se apresentou em Alvalade. A diferença pontual na tabela classificativa acabou por condicionar o FC Porto que, provavelmente, nunca terá jogado em Alvalade tão desinibido e com tão pouca pressão.
Apesar de tudo, foi pena o FC Porto não ter aproveitado metade das oportunidades que criou!
Num jogo aberto e com as duas equipas a quererem vencer, o FC Porto, talvez motivado pela diferença pontual, entrou personalizado e...desconcentrado!
Desta vez, ao querer e à ambição do campeão, faltou aquele rigor defensivo a que a equipa de Jesualdo já nos habituou. O Professor resolveu surpreender tacticamente ao colocar Marek Cech como médio interior esquerdo. A intenção era boa, pois iria permitir retirar posse de bola aos quatro homens do meio campo do Sporting, e é exactamente nessa posição que o eslovaco apresenta melhor rendimento, mas acabou por não resultar devido a 5 minutos, de desconcentração colectiva, que deitaram tudo a perder. Helton acabou por ficar ligado aos dois golos do Sporting. No primeiro, facilitou ao tentar segurar um remate forte e, no segundo, não teve sorte quando desviou a bola na direcção da cabeça de Izmailov.
No segundo tempo, o jogo foi de sentido único. O FC Porto continuou a desperdiçar oportunidades (Lucho desperdiçou 4, sozinho frente a Patrício!) e o Sporting, devido ao mau momento que atravessa, limitou-se a bombear bolas para a frente. Nesse período, faltou ao campeão mais serenidade na hora do remate.
Apesar das falhas de concentração, e do mérito do adversário, o FC Porto até nem jogou mal, mas perdeu!

15 comentários:

dragao vila pouca disse...

Uma eqipa que é superior e ainda por cima tem 14 pontos pontos de avanço não tem que improvisar em função de um adversário que é pior e está em pior momento. Tem é que jogar com a equipa natural. Com Farías em forma e a marcar golos, para quê M.Cech?
Mas, concordo que foi uma exibição que merecia melhor sorte e um melhor árbitro.

Anónimo disse...

O Adriano não serve? Dispensem-no.

Mas, pelo sim pelo não é melhor mantê-lo pois... «não vá o diabo tecêlas».

É que me lembrei do que se passou na época passada.

Faço-me entender?

Anónimo disse...

Já chega de discussões sobre o leite derramado. Acho que já todos percebemos que somos muito melhores, e que com situações normais vamos ser campeões e que com situaçãos anormais...também vamos ser campeões !

Desde já lanço um desafio, um movimento de todos nós para o próximo jogo em casa. Neste momento e em face dos ultimos acontecimentos acho que a nossa equipa merece o nosso sacrificio e reconhecimento, por isso proponho que no próximo jogo em casa tentemos ter uma grande moldura humana e que no momento da entrada das equipas em jogos brindasse-mos os nossos jogadores com um aplauso em pé, para todos sem excepção.

Neste momento eles precisam de sentir que sabemos que deixaram tudo em campo para que o resultado fosse outro até ao ultimo segundo do jogo, e que nós estamos com eles agora e até ao fim da temporada para juntos festejarmos os titulos que todos ambicionamos.

Neste momento temos de estar todos juntos !!!

Eu lá estarei !!! Quem me acompanha ?

Anónimo disse...

Também lá estarei e... nos jogos seguintes.

Assim o faço há... 50 anos (mesmo nos 19 anos de jejum).

De novo... faço-me entender?

Paulo Moreira disse...

Nem sempre o melhor ganha. Foi apenas um mau resultado que acredito não vai mexer com a equipa e que na próxima jornada vamos voltar ás vitórias e quem sabe aumentar a vantagem :)

abraço

http://estrelas-do-fcp.blogspot.com/

Cajó disse...

Melhor árbitro?!!! Talvez o da 1ª volta para marcar livres daqueles... sorte tiveram no lance falhado pelo Liedson!
Sporting, 2 - Clube da capital dos provincianos, 0

Anónimo disse...

A este «cajó»... nome de cão, pergundo-lhe se os nomes Gois Mota e Cazal Ribeiro lhe diz alguma coisa.

Não?

Se lhe falar de dirigentes, nos anos 40/50, que ameaçavam árbitros para que o sporting (com minúscula) ganhar, já lhe diz?

Não?

E se lhe disser que eram umas personagens sinistras da PIDE e Legião Portuguesa?

Ainda não?

E se lhe disser que foram presidentes do... sporting?

É incrível mas é verdade. Exactamente, no tempo dos... Violinos.

Como diria o outro: nem havia necessidade...

Cajó disse...

Cão é o teu pai, anormal! Podes escrever o que quiseres com minúsculas que não beliscas nada! Aproveito para te ensinar uma coisa: na vida há mais do que futebol, seu néscio!

Cajó disse...

Jovem Anónimo,

A tua memória é prodigiosa. Não te peço episódios de 1921 mas...Fala-me do Alder Dante.

Anónimo disse...

Entre ser «ignorante, inepto, estúpido....» mais vale que ser «matéria fecal tipo, porcaria, excremento, dejecto...», em suma, uma autêntica MERDA como é v..

Fala-me antes tu, «cão cajó», do «chinês».

Não te lembras? Chamava-se (já morreu, como o Calabote)... Mário Luis.

E.. xau, xau.

Anónimo disse...

... «como v.» quer dizer, COMO TU.

Não leves a mal porque MERDA é o que se vê mais no... «Estádio das Retretes» face ao visual exterior do «Alvalade».

E, de novo, xau, xau, porque, de facto (aqui acertas-te)... «na vida há mais do que futebol»

Cajó disse...

A derrota bateu-te forte!
Auf auf!

Cajó disse...

Ihhh, do que me fui lembrar... dos manos Calheiros! do Chico Silva.
Cumprimentos ao Bobi e ao Tareco!

Anónimo disse...

Este cajózeco pensa que já é gente com uma simples alegria... Em breve quero ver como engasga... E já agora, quem foi que pagou uma viagem de um arbitro à China...?

Cajozeco disse...

Como diria "uma certa pessoa", tu andas nervoso, crispado... nada que não se resolva.
Estás convidado para um "café com leite"!!
"Tu sabes do que eu estou a falar"...