segunda-feira, 25 de janeiro de 2010

«Curiosidades FCP» - Os bilhetes das eliminatórias com o Hamburgo

Hoje, nas «Curiosidades FCP», recuperamos 4 bilhetes de outros tantos confrontos entre o FC Porto e um histórico clube alemão, o Hamburgo (6 vezes campeão da Alemanha, vencedor de 1 Taça dos Vencedores das Taças e de 1 Taça dos Clubes Campeões Europeus).
Os dois clubes encontraram-se pela primeira vez em 1989, na 3ª eliminatória da Taça UEFA. Os alemães começaram por eliminar o Orgryte (Suécia) e o Saragoça (Espanha), enquanto que o FC Porto necessitou de ultrapassar o Flacara Moreni (Roménia) e o Valência (Espanha) para atingir os Oitavos-de-final da competição.
Na 1ª mão, os alemães surpreenderam o FC Porto, vencendo por 1-0 (golo de Von Heesen, aos 48’). Mesmo enfrentando uma desvantagem mínima, o FC Porto acabaria por não conseguir dar a volta à eliminatória, não tendo ido além de uma vitória por 2-1 (Eck aos 42’, Nascimento aos 45’ e Jorge Couto aos 63’) no jogo da 2ª mão. O Hamburgo valeu-se do golo marcado nas Antas para seguir em frente na competição (nota: os alemães seriam eliminados logo na eliminatória seguinte pela Juventus, de Rui Barros).
A desforra do FC Porto chegaria 17 anos depois. Foi em 2006 que os dois clubes se voltaram a cruzar nas competições europeias, tendo sido sorteados, juntamente com Arsenal e CSKA de Moscovo, no Grupo G da Liga dos Campeões 2006/07.
Os dois jogos entre FC Porto e Hamburgo foram disputados a meio da fase de grupos, ou seja, nas 3ª e 4ª jornadas da competição. Os alemães começaram por visitar o Dragão, tendo sofrido uma pesada derrota por 4-1 (golos de Lisandro Lopez, aos 14’ e 81’, Lucho Gonzalez, aos 45’, Hélder Postiga, aos 69’, e Trochowski, aos 89’). Duas semanas depois, foi a vez do FC Porto visitar a ‘Nordbank Arena’ e vencer novamente os alemães, desta vez por 1-3 (golos de Rafael van der Vaart, aos 63’, Lucho Gonzalez, aos 44’, Lisandro Lopez, aos 61’, e Bruno Moraes, aos 87’).
Nestes quatro confrontos com o Hamburgo, o FC Porto venceu 3 e perdeu apenas 1, tendo marcado 9 golos e sofrido apenas 4.

1 comentário:

Flávio disse...

Só hoje tive conhecimento deste grande blog, gostava no entanto de salientar que o jogo com o Hamburgo em nas Antas no de 1989, foi 1 autentica roubalheira, ainda me lembro bem desse jogo tinha 12 anos e o árbitro que por sinal era suíço não assinalou 1 mão clara em cima da linha de golo de 1 jogador alemão nos ultimos minutos do jogo. Lembro-me como se fosse hoje, a revolta foi tanta!!!!

Quero dar os parabéns a este excelente blog