domingo, 17 de janeiro de 2010

Sempre à espera de um milagre!

Depois da vitória frente à U. Leiria, tinhamos aqui referido que, perante a forma sofrível como o FC Porto se vinha exibindo, e quase sempre vencendo os seus jogos pela margem mínima, as probabilidades de ver a diferença para os dois primeiros aumentar eram muito reais. Afinal, bastou esperar uma semana para confirmar isso mesmo. E logo num jogo disputado no Dragão!
Hoje, ficou mais uma vez provado que Jesualdo Ferreira não dispõe de intérpretes para o processo/esquema de jogo que privilegia. Aliás, o Professor assume isso mesmo ao recorrer com demasiada frequência a uma solução de recurso (um '4-2-4', com Falcão e Farías dentro da área), esperando depois que o golo surja quase aos trambolhões. Desta vez não houve milagres!
Perante o mau futebol que o FC Porto tem apresentado, fica-se com a sensação que os pontos que nos separam dos dois primeiros classificados são quase irrecuperáveis. No entanto, Sp. Braga e Benfica estão apenas à distância de uma derrota (isto numa perspectiva optimista, ou seja, assumindo que o FC Porto conquista duas vitórias quando os dois primeiros visitarem o Dragão).
A 15 dias do fecho do mercado, parece evidente que o meio-campo do FC Porto precisa de se reforçar (Diego Valeri demora a atingir o nível de intensidade de jogo que se exige a um futebolista que queira ter sucesso no futebol europeu). Decidindo contratar alguém, o FC Porto terá sempre de optar por um jogador que esteja em competição e plenamente adaptado ao futebol europeu (o ideal seria um reforço da liga portuguesa), pois não faria sentido adquirir, por exemplo, mais um sul-americano para disputar apenas 4 meses de competição, praticamente o tempo que resta até final da época (nota: o bracarense Hugo Viana seria o reforço mais desejado pelo 'Paixão pelo Porto' nesta reabertura do mercado).
Agora, na Liga, segue-se a perigosíssima deslocação à Choupana. Num momento da época em que Sp. Braga e Benfica mantêm uma apreciável regularidade, o FC Porto está sem margem para perder pontos. Apesar de ainda faltar muito campeonato, um fosso de 6 pontos, entre o FC Porto e os dois primeiros (caso Sp. Braga e Benfica vençam os seus jogos), parece tornar o objectivo do 'Penta' quase inatingível. Além disso, os decisivos FC Porto-Sp. Braga (20ª jornada) e Sporting-FC Porto (21ª jornada) estão aí à porta.
Positivo (+):
- o inconformismo de Bruno Alves e Falcão (este apesar da ineficácia na finalização);
- o altruísmo de Varela;
Negativo (-):
- o discurso desajustado de Jesualdo Ferreira (com a sua equipa a jogar feio, que legitimidade sobra ao Professor para criticar o trabalho do árbitro?);
- Belluschi, que se "escondeu" do jogo;
- a tensão e ansiedade que o jogo do FC Porto provoca na plateia do Dragão;
- a confrangedora dificuldade que o FC Porto revelou em criar oportunidades de golo nos primeiros 45 minutos (não se assistiu a um desiquilíbrio, a uma finta, a um passe para golo,... nada!);

6 comentários:

Dragaopentacampeao disse...

O FC Porto vem dando mostras da necessidade de um bom substituto para Lucho.

Será Ruben Micael a solução?

O empate frente ao Paços reflecte as dificuldades habituais (transições ofensivas mal elaboradas, muita precipitação e ineficácia) a que se juntaram a influência negativa da arbitragem. São já quatro pontos perdidos nos últimos jogos (2 na Luz e 2 ontem).
Viva a APAF!

Ainda que não esteja tudo perdido, começa a ficar cada vez mais complicado sustentar a ambição de renovar o título, sustentada em exibições tão pouco confiantes.

Agora só nos resta não perder mais nenhum ponto até final (o que me parece impossível) e esperar que os outros escorreguem.

Um abraço

Carlos Filipe disse...

deves ter visto outro jogo de futebol.

O FCP fez um grande jogo na 1ª parte e teve várias oportunidades de golo, olha por exemplo, aquela que deu aquele golo incrivelmente anulado ao Falcão, ou uma cabeçada de Falcão a rasar o poste.

Quando temos blogs portistas a escrever estas anormalidades, não haveria A Bola de escrever o que escreve.

Anónimo disse...

«o FC Porto fez um grande jogo na 1ª parte»...

Imagine-se se tem jogado mal...

Anónimo disse...

A 1ª parte, em condições normais, não sendo anulado o golo dava, como em tantos jogos do passado, para resolver logo ali a partida.

Vir dizer que não jogámos nada na 1ª parte e não tivemos oportunidades revela cegueira e uma agenda típica de quem quer despedir um treinador que ganhou "só" 3 campeonatos seguidos e todas as provas internas no última época.

Anónimo disse...

Não se deve perder a esperança mas...se calhar será a única solução é começar a torcer pelo Braga.

Luis Miguel disse...

torcer pelo braga não, simpatizar por ele sim.

por muito que o porto esteja mal na liga, o que eu desejo é que venhamos a eliminar o arsenal.

isso sim é que era.

o porto está a 6 pontos do braga e do benfica, portanto, é necessário o porto ganhar 12 pontos para que possa ser campeão !!

veremos como correm os próximos jogos.