sábado, 1 de dezembro de 2012

A gestão da derrota!


A segunda visita do FC Porto a Braga no espaço de apenas uma semana ficou marcada pela gestão algo precipitada que Vítor Pereira promoveu no «onze». Apetece-nos dizer que foi a gestão da derrota! É claro que isto é apenas um desabafo, mas julgamos que Vítor Pereira correu demasiados riscos ao abdicar de 7 habituais titulares no jogo de ontem. Além disso, o FC Porto também não teve a ‘sorte do jogo’: expulsão forçadíssima de Castro e autogolo de Danilo. O FC Porto está fora da Taça, uma eliminação muito festejada pelos adeptos do Benfica tal era o temor de verem o seu clube cruzar-se com o FC Porto nas próximas eliminatórias da competição. A verdade é que a ‘era Vítor Pereira’ fica marcada por duas consecutivas eliminações prematuras da Taça de Portugal. Uma decepção que, tal como na época passada, só a vitória no campeonato nacional poderá minimizar. Não faz sentido Vítor Pereira estar constantemente a dizer que o FC Porto corre por títulos e depois guardar os melhores trunfos para um jogo da Liga dos Campeões que já pouco decide. Incoerente!

1 comentário:

alex disse...

Vitor Pereira, pelo que me parece, fez alinhar um jogador chave em cada sector: Otamendi na defesa, Fernando no meio campo e Games na frente. No meio campo nunca poderia ser Fernando o homem chave. Na frente, só o James com um ponta de lança absolutamente nulo frente a uma equipa forte como é o Braga foi uma má decisão. O FCP precisa de despachar este Kleber o mais rapidamente possível. Não vejo nem os jogos todos e os que vejo nem sempre vejo até ao fim, pelo que ainda não tive a sorte de ver as maravilhas que o Atsu, segundo o que leio na imprensa, costuma fazer. O que eu vejo é um jogador a ser guiado pelo pé esquerdo e não pelo cérebro, acaba por tomar o rumo que lhe dá mais jeito em vez de tomar o mais favorável. De qualquer modo, no meu íntimo, achava que o Braga ia passar. Penso que Vitor Pereira não avançou com esta equipa sem que o assunto tivesse sido abordado com os responsáveis pelo departamento de futebol.