quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

Contra a História

O FC Porto está hoje obrigado a fazer história em Inglaterra, se quiser continuar a defender o troféu que venceu na época passada. Além de jogar contra a estatística, nunca venceu em terras de sua Majestade, o conjunto azul e branco defronta uma das mais poderosas equipas de sempre do futebol inglês e só isto dá para aquilatar do grau de dificuldade que o encontro encerra. A partida da primeira mão já se encarregou de colocar as coisas no seu respetivo lugar, esta tarde, irá acentuá-las ainda mais.
Acredito, que acima de tudo Vítor Pereira tente “minimizar os estragos” e não afetar o moral das tropas, pois o campeonato pode estar relançado, se o FC Porto fizer, como lhe compete, a sua parte.
Em bom rigor, diga-se também que esta época em todos os jogos decisivos a equipa falhou, será este mais um? Provavelmente sim.
Amândio Rodrigues

2 comentários:

r.m.silva da costa disse...

Há sempre uma primeira vez para tudo.

Eu, acredito que neste dia, o Futebol Clube do Porto vai mudar o curso da História...

P. Ungaro disse...

Boas,

Relativamente ao jogo tenho duas sensações ... a cerebral e a visceral ... quanto a cerebral tenho consequência que será um jogo extremamente dificil e só um porto a "Top" poderá marcar dois ou três golos sem sofrer nenhum ... quanto a visceral acredito que é possivel como sempre ... para isso a defesa tem que estar concentradissima, Fernando tem que ser o nosso polvo, Lucho e Moutinho ao seu melhor nivel, Hulk tem que fazer o que melhor sabe e o treinador não pode inventar ... com estes argumentos aí sim podemos levar de vencido o M. City ...

Um abraço

http://fcportonoticias-dodragao.blogspot.com/