sexta-feira, 17 de fevereiro de 2012

…e a época que nunca mais acaba!

Aquando do sorteio que definiu o nosso adversário nos 16 avos da Liga Europa, sentiu-se na nação portista algum desconforto. Compreensível, pois este não é o melhor FC Porto dos últimos anos e o City vai lançado na Liga inglesa. No entanto, o jogo da Liga Europa até chegava num momento interessante para um FC Porto que procurava o seu primeiro momento de afirmação em 2011/12, isto depois de não ter sido bem sucedido naqueles 3 jogos anteriores (empates frente a Benfica, Zenit e Sporting) que surgiram em alturas delicadas e exigentes da época. Desta vez, e ao contrário do que aconteceu nessas ocasiões, o resultado foi mais penalizador. E enquanto que a 1ª parte foi melhor que qualquer uma das anteriores, a 2ª parte foi bem pior. O poderio físico dos ingleses fez de facto a diferença. É estranho ver esta equipa do City a disputar a Liga Europa. Os ingleses são (pelo menos!) equipa de ‘Quartos-de-final’ da Liga dos Campeões.
Sabendo-se que é neste tipo de confrontos que Pinto da Costa gosta de avaliar o trabalho dos treinadores (ainda recentemente renovou com Jesualdo Ferreira após um entusiasmante jogo em Manchester) não será difícil perceber que o futuro de Vítor Pereira está definido. O FC Porto não foi capaz de vencer nenhum dos jogos exigentes e decisivos que disputou esta época. E não, não será Domingos o próximo treinador do FC Porto. Pinto da Costa conhece-o há mais de 20 anos e sabe que não é esse perfil que precisamos.
Só para concluir, dizer que o FC Porto ainda anda à procura do seu espaço na época 2011/12. Exemplo disso são as recentes mudanças no seio do grupo de trabalho: Helton deixou a braçadeira de ‘capitão’ (e a escolha de Hulk, não sendo descabida, parece algo prematura) e a equipa técnica foi agora reforçada com mais outro ‘homem da casa’, Paulinho Santos. Seis meses depois do início da época e o FC Porto continua com poucas certezas. Estranho!

2 comentários:

AZUL DRAGÃO disse...

Ricardo :

Parabéns por tamanha paixão!

(adicionei ao Azul Dragão)

Um abraço

Paulo Bizarro disse...

Boa noite,
Peço desculpa por o assunto que lhe trago não estar muito relacionado com este post, mas parece-me que pode ser a pessoa indicada a dar-me uma ajuda.
Tenho um bilhete da inauguração do estádio das Antas, de Maio de 1952, completamente intacto, e gostaria de o colocar à venda. No entanto não faço a minina ideia do valor que poderá ter. O Ricardo tem alguma ideia do valor de mercado que este bilhete pode ter?
Desde já obrigado pela sua ajuda e atenção.
Cumprimentos,
Paulo Bizarro