terça-feira, 6 de maio de 2008

A «foto do dia» - 6 figuras do FC Porto 1989/90

Hoje recuperamos 6 jogadores que foram fundamentais na conquista do título de 1989/90: André, Jaime Magalhães, Bandeirinha, Madjer, Vitor Baía e Stéphane Demol. Dos seis, o belga Stéphane Demol foi o que permaneceu no FC Porto menos tempo, apenas 1 temporada. Todos os outros representaram o FC Porto durante mais de 6 épocas.
O «carregador de piano», como ficou conhecido, jogou durante 11 (!) épocas consecutivas ao serviço do FC Porto. Depois de o FC Porto o contratar ao Varzim, no final da época 1983/84, nunca mais deixou o clube que ainda hoje serve.
Jaime Magalhães também já é um símbolo do FC Porto. Chegou ao clube em 1983/84 e só saiu para jogar uma última época ao serviço do Leça, em 1995/96.
Bandeirinha é outra figura do FC Porto dos anos 80 e de início da década de 90. Apesar de nem sempre ter sido utilizado com regularidade, representou o FC Porto durante 10 (!) épocas consecutivas.
O argelino Madjer, o homem do calcanhar de Viena, chegou ao FC Porto na época 1985/86, vindo do Tours, e permaneceu nas Antas durante 6 anos, tendo pelo meio uma passagem meteórica por Valência, em 1988/89, mas não se adaptou ao clube espanhol e regressou ao FC Porto 6 meses depois, permanecendo até 1991.
A lealdade de Vitor Baía ao clube é conhecida de todos. Representou o FC Porto durante 17 (!) épocas e só uma passagem de dois anos e meio por Barcelona impediu que representasse o FC Porto durante mais de 20 anos! Actualmente continua a servir o clube e são muitos os que lhe vaticinam uma futura presidência.
Quanto ao belga Stéphane Demol, representou o FC Porto apenas em 1989/90. No FC Porto era o homem das grandes penalidades, tendo nessa época (89/90) marcado 11 (!) penalties só para o campeonato nacional. Deixou o FC Porto no ano seguinte para representar o Toulose de França.

3 comentários:

Anónimo disse...

OS CACETEIROS ATE DOIA DE VELOS JOGAR.SCPMIGASCP

Cajó disse...

O Demol ia sendo o melhor marcador do campeonato só à custa de penalties!...

Anónimo disse...

e metade dos penaltis nem eram scpmigascp