segunda-feira, 10 de novembro de 2008

«Curiosidades FCP» - 'Tickets, please!'

Recuamos à véspera da Final da Taça UEFA 2002/03 com uma foto de um adepto escocês que desesperadamente tentava adquirir bilhetes para o FC Porto - Celtic do dia seguinte. Além de envergar uma camisola dos 'Celts', alusiva à Final de Sevilha, este adepto também se fazia acompanhar de um folheto onde se podia ler: «Por favor, queremos entradas»!
Este «sincero futbol aficionado», como descrito no panfleto, foi um dos muitos escoceses que chegaram a Sevilha sem bilhete para o jogo entre o FC Porto e o Celtic.
O Celtic de Glasgow é um dos clubes britânicos com mais adeptos em todo o mundo (aproximadamente 9 milhões) e para os seus responsáveis não foi surpreendente que milhares de escoceses tenham viajado até Sevilha em Maio de 2003. Pelas estimativas da UEFA, foram cerca de 114 000 os apoiantes do Celtic presentes no sul de Espanha na semana do jogo entre os dois clubes. Um recorde no número de adeptos que alguma vez acompanhou um clube numa final europeia, segundo a UEFA. Aliás, em 1937 o clube já tinha ficado na história ao disputar a Final da Taça da Escócia, frente ao Aberdeen, com 146 433 espectadores nas bancadas.
Para se compreender melhor esta militância é preciso recuar à fundação do Celtic de Glasgow. Quando surgiu, o clube ficou conotado com os escoceses católicos e os descendentes de irlandeses, porque a população da região era formada na sua grande maioria por imigrantes vindos da Irlanda, vistos na época como cidadãos de segunda classe. Ao serem discriminados na condição de estrangeiros, os irlandeses acabavam por auferir salários inferiores à média. A escolha do nome Celtic acabou por ser uma forma de mostrar o orgulho que os irlandeses tinham nas suas origens.
Apesar de derrotados na Final da Taça UEFA, os fantásticos 'Celtic supporters' tiveram o devido reconhecimento por parte da UEFA ao ser-lhes atribuído o 'Fair Play Award', um troféu do organismo máximo do futebol europeu que premiou a excelente conduta e comportamento dos milhares de adeptos presentes em Sevilha.

3 comentários:

Nuno Silva disse...

Eu estive lá!


tenho no meu blog o bilhete que fiz questão de não vender por 1500€.


http://remateabaliza.blogspot.com/2008/08/sevilha-2003.html

Armindo disse...

Eu também tive a felicidade de presenciar ao vivo esta final memorável.

Foi a minha 1ª. vez que andei de avião e... com tudo pago!

Fui o único comtemplado num concurso feito pelo nosso F.C. Porto, de frases alusivas ao evento.

O que eu sofri... por tudo!!!

Para salientar a excelência dos adeptos do Celtic; estava eu num dos imensos bares, quando um dos escoceses, sem querer, me dá um ligeiro encontrão, e... que civismo (coisa rara cá no nosso Portugal).
Só lhe faltava pôr-se de joelhos a pedir desculpa!!!

Inesquecível!!!

Nuno Silva disse...

está por cumprir a promessa de ir a Glasgow assistir ao Débir local... um dos maiores espetáculos futebolisticos do mundo... aquela claque é soberda... até me arrepiei só de os ouvir.

trabalho por turnos e tive que arranjar o horário por forma a ir a Sevilha... perdi 4 noites seguidas: trabalhei de noite, na seguinte fiz a viagem nocturna, gramamos todos 45º de temperatura no dia mais quente do ano (com garrafas de àgua a 6€), voltei a portugal de noite e fui de novo trabalhar à noite no dia seguinte...

Além disso fui quase estrear a minha carrinha vectra foi espetacular.

Ainda por cima com uma grande vitória num jogo épico!

Caro Portista ficamos para a histórias das competições europeia com a maior romaria de sempre para uma final europeia... a UEFA estimou em 150 mil adeptos dos dois clubes.