quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

Passem a bola ao Hulk!

Não foi uma mera formalidade o apuramento do FC Porto para as meias-finais da Taça de Portugal. Mesmo sem imprimir um ritmo alto ao jogo, foi preciso uma boa dose de paciência para derrotar a organizada e lutadora equipa do Pinhalnovense. Até ontem, a boa organização e a forma como a equipa do FC Porto se posiciona em campo tinham sido suficientes para derrotar estes adversários de divisões inferiores, mesmo utilizando jogadores menos rotinados no «onze». Mas desta vez foi preciso chamar o ‘bombardeiro’ Hulk para vencer um jogo, e um adversário, que começava a irritar a plateia do Dragão. Sem dramas, isto é típico da Taça de Portugal!
Positivo (+):
- o FC Porto vai agora à procura de novo recorde: depois do ‘Penta’, o inédito ‘Tri’ na Taça de Portugal;
- há golos ‘à Ronaldo’, golos ‘à Messi’ e golos ‘à Hulk’: ontem foram dois!
- Belluschi foi dos poucos a respeitar o adversário: lutou sempre!
- depois da infelicidade frente ao Nacional, Kieszek foi determinante ao anular a única oportunidade de golo do Pinhalnovense em todo o jogo;
- o toque de bola de James Rodriguez: o miúdo joga com botas de veludo!
- o FC Porto foi considerada a 10ª melhor equipa do mundo, em 2010 (e melhor equipa do mês de Dezembro), no ranking elaborado pela Federação de História e Estatística do Futebol;
Negativo (-):
- o jogo pastoso que o FC Porto realizou: abusou-se das fintinhas e dos toques de calcanhar;
- 77 minutos: é demasiado tempo para o FC Porto marcar um golo a uma equipa da II Divisão;
- a ausência prolongada de Álvaro Pereira deixa um problema a Villas-Boas, pois Emídio Rafael, apesar do potencial de crescimento, é apenas mediano;
- incompreensível o apoio que alguns sectores do Estádio do Dragão dispensam a Mariano Gonzalez, o argentino é um jogador medíocre!

5 comentários:

pedro disse...

Os assobios ao hulk são uma anormalidade....

É triste ver e ouvir estes comportamentos....

é por estas e por outras que estes jogadores se enchem e depois quere sair...

No que podiamos fazer para que este tipo de jogadores ficassem por cá mais uns tempos, não fazemos nada....

assobiar a nossa equipa é muito triste....

Presidente, fale, eduque.

Dragaopentacampeao disse...

O jogo resume-se em poucas palavras. Primeira parte péssima e segunda medíocre. Salvaram-se os dois golos de Hulk, quaisquer deles incríveis.

Pouco mais há a dizer de uma prestação que não honrou tão distinto emblema, nem respeitou quantos se deslocaram ao Dragão.

Recuso-me a enfiar a cabeça na areia, branqueando um tão péssimo jogo de atletas que, todos sabemos, possuem capacidades para nos deixar orgulhosos.

Ganhámos? Seria um escândalo se não o conseguíssemos!

Um abraço

Gaspar Lança disse...

Contra o Pinhalnovense esperava-se um jogo, na minha opinião, bastante fácil, algo que se traduziu um pouco em campo mas... O guarda-redes defendia tudo e mais alguma coisa! Remates de Rúben Micael, James, Belluschi, de todos.
Teve de ser o incrível HULK a desfazer o empate e, minutos depois, decidir o encontro.

Um bom encontro e... estamos nas meias-finais!

Um abraço

Nicolau d'Almeida disse...

Sim, o Mariano não é um grande jogador, mas percebe-se o apoio do público, no sentido em que ele vem de muito tempo de paragem e afinal é um dos capitães e um dos jogadores mais antigos do plantel. Por exemplo, acho repugnante é que se assobie a torto e a direito os jogadores, como aconteceu com Hulk ontem! Isso é que acho inadmissível! Agora apoiar, acho que sim, que se deve apoiar todos os que vestem aquela camisola, que lutam por ela, independentemente de terem um grande talento ou não.

Mais uma vez, deixo aqui os meus parabéns ao autor deste blog, que considero um dos melhores da blogosfera portista!

Grande abraço!

Anónimo disse...

"Presidente, fale, eduque"


Como? A kem? Àkeles que recebem o ´rendimento mínimo´ ou o ´fundo de desemprego´? Ke moral?