quinta-feira, 29 de novembro de 2012

Braga vs FC Porto II


Os campeões nacionais enfrentam esta sexta-feira uma nova prova de fogo com outra deslocação à pedreira, desta feita para a Taça de Portugal um dos troféus que é imprescindível ganhar e que no final da época pesa, e muito, para aquilatar o sucesso ou fracasso da mesma. É expectável que este desafio seja diferente do anterior, ninguém pode falhar, antecede mais um jogo da Liga dos Campeões e se o Braga não tem nada a perder o mesmo não se aplica ao FC Porto que tem ainda em aberto a liderança do seu grupo. Vítor Pereira, treinador dos dragões, poderá fazer algumas alterações cirúrgicas no seu «onze», nada de muito relevante e que possa por em causa o equilíbrio da equipa, até porque nesta altura existe uma matriz de jogo bem definida e perfeitamente consolidada que não deverá ser alterada em face do oponente. É comummente aceite que o Braga merece respeito, porém, deve ser encarado sem sobranceria e muito menos com tibiezas, até porque o conjunto minhoto terá também de assumir as despesas do jogo, uma vez que o seu treinador tem um espaço de manobra muito pequeno, portanto, jogará pressionado e como se sabe lidar com a tensão não é a melhor das suas qualidades.
Amândio Rodrigues

1 comentário:

alex disse...

Não estou a ver como é que a conquista da Taça de Portugal pode impedir o fracasso da época: a participação na CL já não poderá ser considerada um fracasso, mas a não conquista do título seria um fracasso que a Taça de Portugal não compensaria. Logo, a Taça de Portugal juntamente com a conquista do título aumentaria um pouco o sucesso da época, mas a sua não conquista não beliscaria esse mesmo sucesso. Que a situação do FCP na CL favorece um empenho mais profundo neste jogo com o Braga e uma obrigação maior de passar à eliminatória seguinte, isso é indiscutível.
Saudações portistas!