domingo, 13 de julho de 2008

A «foto do dia» - 9 figuras dos campeões nacionais 1985/86

São nove jogadores, e todos portugueses, do plantel de 1985/86 que, sob o comando de Artur Jorge, se sagrou bi-campeão nacional. Eduardo Luís, Fernando Gomes, Lima Pereira, Frasco, Inácio, Jaime Magalhães, Zé Beto, Vermelhinho e Eurico foram todos utilizados nessa caminhada que coincidiu com o terceiro bi-campeonato da história do clube.
O guarda-redes Zé Beto disputou 11 jogos, cedendo depois o lugar a Mlynarczyc. Quanto à linha defensiva, Lima Pereira, Inácio e Eduardo Luís foram dos mais utilizados nessa época, enquanto que Eurico realizou apenas 1 jogo. Frasco foi o segudo médio mais utilizado por Artur Jorge, logo atrás de André, enquanto que Jaime Magalhães jogou apenas 8 partidas. Na linha avançada, Vermelhinho foi o segundo suplente mais utilizado, logo atrás de Juary, e Fernando Gomes foi totalista pois participou em todos os 30 jogos efectuados pelo FC Porto nesse campeonato.
Todos estes 9 jogadores se mantiveram no FC Porto na época seguinte.

3 comentários:

Anónimo disse...

Amigo Ricardo vara:


Para uma meditação (e reflexão) que hoje, e cada vez mais, se vai fazer:

- Verifique-se que TRÊS (Gomes, Zé Beto e Jaime Magalhães) vêm da... formação.


Cumprimentos.

PS. - Um tempo em que ainda se não falava em «jogadores escravos» pagos principescamente...

Drakonyaz disse...

E ainda tinhamos o João Pinto, o André, o Futre, o Semedo e o Quim.

Todos eles na mesma situação, portugueses, Bicampeões nacionais e futuros campeões europeus aí já com os "desertores virados filhos pródigos" Sousa e Jaime Pacheco.

Belos tempos.

Anónimo disse...

... Vá lá. Mais dois (João Pinto e Semedo) da formação.

Que «hoje» não existe...