sábado, 16 de maio de 2009

Manter as boas sensações!

E vão 11 vitórias consecutivas fora de casa. Imparáveis! Hoje, mais do que o bom jogo, regista-se a boa atitude do FC Porto. Os tetracampeões continuam insaciáveis, mesmo depois da celebração do título. E o que dizer da série consecutiva de jogos fora de casa ganhos por mais de dois golos de diferença? Notável!
O FC Porto foi um (tetra) campeão autoritário. Não fosse aquele início titubeante e a diferença pontual para o segundo classificado seria agora superior a 10 pontos.
Hoje, depois de garantido o «tetra» e com vários habituais titulares fora da convocatória, temia-se que o FC Porto não mostrasse a mesma disponibilidade que em jogos anteriores. Afinal, a motivação e auto-estima do plantel continua em alta. Além disso, o aflito Trofense acabou por ser o adversário ideal para curar a ressaca resultante da festa do fim-de-semana anterior. Parece que este ano é pra ganhar até ao fim!
O único reparo na exibição de hoje do FC Porto vai para a permissividade revelada em alguns lances aéreos, resultantes de cantos ou livres directos próximos da área (uma especialidade do Trofense). Muito pouco para fazer os tetracampeões perderem o vício de ganhar.
No FC Porto, merecem destaque as belas exibições de Tomás Costa, Mariano Gonzalez, Lisandro Lopez (marcou um golo portentoso!) e Ernesto Farías (merece ficar no plantel!). Ah, e o incrível Hulk regressou!
Nesta recta final, também já se pode começar a falar em possíveis saídas (definitivas ou por empréstimo) do plantel. Pelo que vimos até agora, e pelas contratações já asseguradas (Miguel Lopes, Varela e Orlando Sá), Sapunaru, Benitez, Andrés Madrid e Guarín vão ter algumas dificuldades em fazer parte do FC Porto 2009/10. No entanto, a perder não ficaram: saem como campeões!
Mas Jesualdo tem razão, pois ainda é cedo para falar nestas coisas quando temos uma dobradinha pra conquistar. Faltam duas semanas para o jogo do Jamor e é preciso garantir que o FC Porto vai manter a intensidade e a fome de golos. E a Liga ainda não acabou. Em caso de vitória sobre o Sp. Braga, na última jornada, o FC Porto terminará o campeonato com uma sequência de 10 vitórias consecutivas. É bonito!

3 comentários:

dragao vila pouca disse...

Não vi o jogo todo e por isso não posse dizer muito. Mas pelo que vi e ouvi depois, foi um Porto, que apesar de ter sido Campeão na semana anterior, e, merecidamente ter festejado, conseguiu ser sério, competente, profissional e mostrou as razões, porque domina o futebol português.

Lisandro - que golo o seu 2º e 3º do F.C.Porto!!! - está a acabar a época em grande forma. Farías na área é mortífero e Mariano de patinho feio a jogador fundamental, foi apenas um pequeno passo. Da mais elementar justiça, a titularidade do Stepanov, que mesmo nunca jogando, foi sempre um profissional de mão cheia.

Domingo a festa vai ser de arromba!
Antes disso, logo lá estarei no Andebol.

Um abraço

Dragaopentacampeao disse...

O Tetracampeão encarou este jogo com o espírito de vitória, mantendo uma postura séria, competente e ambiciosa.

Não houve facilitismo e quando assim é o resultado não poderia ser outro.

Destaque para as estreias na Liga de Stepanov e Ventura que assim passam a vigorar na lista dos campeões e para a armada argentina que neste jogo fizeram o pleno.

Vitória inequívoca e sem contestação, do tetracampeão.

Faltam dois jogos para terminar a época, que foi longa, trabalhosa e profícua.

No final terão sido jogadas 52 partidas.

Espero um final em beleza com a vitória na Taça de Portugal.

Depois desse triunfo, Jesualdo pode renovar!

Bernardo disse...

Este blogue é um clássico!