terça-feira, 20 de janeiro de 2009

O FC Porto (também) é um clube formador

Recentemente, o comentador desportivo Rui Moreira tem insistido em criticar a actual política desportiva e de formação do FC Porto. Parece-me que a apreciação é demasiado excessiva tendo em conta as mais-valias que o FC Porto tem conseguido com transferências de jovens jogadores para outros clubes. Sim, porque é importante não confundir a formação de jovens jogadores com a passagem dos mesmos ao plantel principal. Na semana anterior, Jesualdo chamou a atenção para o facto de o FC Porto ser um clube formador. Fê-lo em forma de auto-elogio, mas não deixa de ter alguma razão porque os jovens que chegam ao FC Porto oriundos de outros clubes também necessitam de ser formados. Será uma formação diferente porque visa o desenvolvimento físico e táctico dos jogadores, o potencial já lá está.
Senão reparem, grande parte dos jovens jogadores que recentemente foram transferidos pelo FC Porto, e que renderam milhões de euros à SAD, nem sequer foram formados no clube. Deco, Paulo Ferreira, Bosingwa, Anderson e Pepe, por exemplo, chegaram ao FC Porto com a sua formação juvenil realizada mas alguns sem cultura táctica e mentalidade para representar um grande clube. No entanto, depois de adaptados a uma nova realidade, ganharam títulos e projecção internacional. Certamente que, dentro de 2 ou 3 meses, o jovem Cissokho será um jogador diferente daquele que agora chegou ao FC Porto. Isto também é formação!
A outra formação, a que implica colocar jovens oriundos dos juniores no plantel principal, é óptima para alimentar o ego de sócios e adeptos mas se não tiver efeitos práticos, ou seja, se não implicar vitórias, não serve!
Raúl Meireles, Bruno Alves (formado no FC Porto), Fernando e Fucile, entre outros, são outros exemplos de jogadores que quando chegaram ao FC Porto não tinham potencial para entrar no «onze» e que agora são quase imprescindíveis para Jesualdo Ferreira.
É certo que, actualmente, o FC Porto tem poucos jogadores da formação juvenil no plantel principal (Ventura, Bruno Alves, Candeias,...) mas, em contrapartida, possui um conjunto de jogadores que, sem terem sido formados no clube, carregam a mística e a ambição do FC Porto do séc. XXI: Lucho Gonzalez, Pedro Emanuel, Lisandro Lopez e Raúl Meireles, por exemplo. Outros se seguirão.... Das duas uma, ou Rui Moreira é daqueles que nunca está satisfeito ou então quer criar um suposto facto para colocar em causa a actual (vitoriosa) política desportiva e de formação da SAD. A formação deve essencialmente servir para criar condições para que no futuro os jovens possam regressar ao FC Porto. Um trabalho que actualmente tem o aval de Jesualdo Ferreira e que passa também pelo actual Director Geral da SAD, Antero Henrique, e pelo coordenador das camadas jovens, Luís Castro. Os títulos não implicam ter jovens da formação no plantel principal. A cultura de vitória é que é importante. Queremos continuar a ganhar!

8 comentários:

Anónimo disse...

Balelas,
quantos jogadores chegaram e não se aperfeiçoaram?
quantos foram emprestados e nunca vieram?
compara com o manchester, com o barcelona, que nem pelo facto de serem grandes equipas deixam de ter jovens inteiramente formados na equipa.
õ nosso clube nao forma. como o moreira diz, aperfeiçoa alguns. o moreira nisto tem razao. se o clube não nao forma, que poupe caroço, manda o luis castro e já agora o emproado do antero embora, que naõ vale metade do reinaldo.

Anónimo disse...

Com formação a mais ou formação a menos, o que é certo é que com Antero Henrique o FC Porto tem sido... CAMPEÃO!
Rui Costa, por exemplo, tem muito bom gosto a escolher fatos mas... ainda não ganhou NADA!
Mas os insatisfeitos podem sempre mudar de clube, pode ser que ganhem mais títulos!

Anónimo disse...

Eu prefiro ganhar. Pode ser o miudo Rabiola a marcar o golo ou o velhote Pedro Emanuel. Tanto faz.
PS
Vila do Conde

dragao vila pouca disse...

Meu caro Ricardo, excelente post e até admira um anónimo amigo ainda não se ter atirado a si.

Vamos lá a ver: desde sempre e este sempre, significa de há trinta anos a esta parte, mais concretamente desde os tempos de Pedroto a treinador e Pinto da Costa a director que o F.C.Porto compra muitos jogadores, forma-os, valoriza-os e depois, os melhores, transfere-os.
Foi com esta política que o clube se transformou num grande clube do futebol mundial e conseguiu sucessos extraordinários. Mas, nunca deixando de investir na formação e aproveitando os jovens da formação que se revelem capazes de mostrar serviço num clube com grande exigência.

Rui Barros, F.Couto, J.Costa, S.Conceição, R.Carvalho e tantos outros são jogadores que rodaram, voltaram, impuseram-se e atingiram o estrelato.

Agora há uma nova fornada: Castro, R.Pedro, B.Gama, N.A.Coelho e tantos outros que vão ser o futuro do F.C.Porto. E vão ser o futuro, porque é em tempos de crise, que é mais fácil arriscar e apostar em jovens da formação - se não fosse o Verão quente de 1980, teria havido o João Pinto e o J.Magalhães, por exemplo?

Só por má fé, alguém pode comparar o F.C.Porto com o Manchester ou o Barcelona. Esses clubes têm uma capacidade económica e financeira, que lhes permite ir ao mercado contratar os melhores do mundo, mas e mesmo assim, cometem erros de tal forma grosseiros, que comparados com os do F.C.Porto, os do nosso clube são brincadeiras.
Um exemplo: quando o Figo foi para o R.Madrid e o Barcelona recebeu os 12 milhões de contos da altura - 60 milhões de euros -, disbaratou-os a comprar jogadores vque nunca se impuseram e acabaram todos por sair - E.Petiti, Overmars e outros.

Mais, com todo o seu potencial o Barça tem tantas Taças dos Campeões como o F.C.Porto e ainda há portistas que se queixam? Meu Deus...

Um abraço

Tiago Pinto disse...

Não conhecia este blog. Aqui respira-se FC Porto!

R.Moreira disse...

Não podia estar mais de acordo com
o administrador deste magnifico
blog do nosso FC PORTO . . .
Só tenho a agradecer a quem tem o
poder de ´ter levado o Nosso Clube´
aonde muitos ( pelos vistos até
certos portistas )nunca sonhavam!
Tenho 37 anos e podem crer que já
vivi momentos inolvidaveis com as
conquistas do meu Amado Clube!!!
E tenho a certeza que muitas mais
ainda ai veêm!A muito curto prazo!

Saudações Ultras . . .

Anónimo disse...

Amigo Ricardo Vara:


Por consideração, e, sobretudo RESPEITO, não comentamos (nem o vamos fazer).

E, está tudo dito...

Lamentamos, sobretudo por si.


Um abraço.

Anónimo disse...

Desiludido?

Prontos. Aqui vai a (nossa) perspectiva da (radiosa) formação... futura:


«... CD Aves 4-0 FC Porto

Liga Intercalar 2008/09
21 de Janeiro de 2009
3ª jornada do Campeonato de Primavera (zona norte)
Estádio do CD Aves, na Vila das Aves

FC PORTO: Ventura «cap»; Bosingwa, Roberto, Rafhael, Vítor; Lucas, Ramon, Rafa; Candeias, Rabiola, Alex.
Jogaram ainda: Paulinho, Cardoso, Massari e Dias.
Não utilizados: Ruca, Alexander e Chula.
Treinador: Rui Barros ...»